Menu

Notícias da Infância

  • Escrito por Patronato

As lições do bicho-da-seda

Bicho-da-Seda

O processo de vida de uma borboleta é uma atividade muito interessante para que as crianças possam ver todo o processo da vida de uma maneira simples e natural em pouco tempo.

Iniciámos a criação de bichos-da-seda para observar o processo de metamorfose da lagarta à borboleta.
O que aprendemos…
Quando o bicho-da-seda nasce tem cerca de 2,5mm de comprimento é muito, muito pequenino.
Ele come durante 42 dias e sofre 5 mudanças (metamorfoses).Torna-se numa lagarta e come grandes quantidades de folhas de uma árvore que se chama amoreira.

As suas casas preferidas são as caixas de sapatos e é lá que depois de estarem durante 42 dias a comer, a crescer e a engordar, as pequenas lagartas constroem os seus casulos. Estes casulos são feitos com o fio da seda que é a baba da lagartinha.
Do casulo saem as borboletas (machos e fêmeas) que acasalam e deixam ficar os ovinhos na caixa. Estas borboletas não se alimentam e morrem, ficando apenas os ovos que se guardam até à primavera seguinte.

Aprendemos a distinguir os machos das fêmeas. O macho é branco com risquinhas pretas. A fêmea é toda branca sem risquinhas. Quando o bichinho já está muito gordo começa a fazer o seu casulo. Demora a fazê-lo 3 dias e 3 noites. Cada casulo pode atingir 3000 metros de fio de seda.

Cuidados a ter com os ovos:

  • Conservar os ovos em lugares secos e frescos até à primavera.
  • Ter cuidado com o aquecimento pois o calor irá fazê-los pensar que já é primavera, e podem nascer antes do tempo e morrer porque as folhas da amoreira só rebentam nessa altura (foi o que aconteceu este ano a alguns dos nossos ovos).

Cuidados a ter com as lagartinhas:
Não colocar ao sol e dar-lhe muiiiiiiitas folhinhas de amoreira.